quinta-feira, 30 de julho de 2020

Arquivo Histórico do Mosteiro de São Bento da Bahia


Arquivo Histórico do Mosteiro de São Bento da Bahia

  Seguindo a longa tradição beneditina de salvaguardar o conhecimento adquirido ao longo dos séculos, encontramos dentro do Arquivo Histórico do Mosteiro de São Bento da Bahia toda a memória da Congregação Beneditina do Brasil como também do primeiro Mosteiro fundado no novo mundo.




No acervo do arquivo, veremos obras cujas datas vão desde o século XVI até o XXI, escritas em diversos idiomas como: latim, alemão, grego, português arcaico e atual. Manuscritos dos primeiros momentos da instalação da primeira casa beneditina, fundada no Brasil, textos de teologia, filosofia, história da Igreja, História do Brasil, os preciosos 5 volumes do livro do tombo do Mosteiro de São Bento da Bahia, onde encontramos o testamento da índia princesa Catarina Paraguaçu benfeitora deste Mosteiro. 




 Sendo um arquivo prioritariamente monástico, ele reserva, ainda, um precioso espaço para documentos relacionados à vida dos monges e abades beneditinos que viveram neste mosteiro, bem como crônicas da comunidade monástica de períodos diversos, passando pelos primeiros fundadores portugueses aos reformadores alemães do século XIX, livros de registro de missas, documentos históricos relativos à invasão holandesa de Salvador em 1624, breves pontifícios etc. Dentre as raridades preciosas que enriquecem as prateleiras rolantes, possuímos alguns incunábulos que são livros impressos nos primeiros tempos da imprensa com tipos móveis, não escritos à mão, dentre eles possuímos beatus sententias duns scotus datado de 1503.



Como a história da biblioteconomia nos mostra não somente o papel fora utilizado na confecção dos livros, mas outros materiais, que dignificam o valor da coleção bibliográfica, estes foram utilizados para adornam os frontispícios dos livros. No arquivo encontraremos dentre eles: veludo, coro de carneiro e porco, ouro, prata e etc. Algumas coleções são únicas, com a biblioteca de ouro, assim chamada pois é composta de títulos comprados na Europa após a II guerra mundial organizada pelo antigo arquivista Dom José Edres, OSB, os mesmos em sua maioria escritos em alemão e latim. Publicações da antiga tipografia beneditina que teve sua sede no Mosteiro de São Bento da Bahia, dentre eles o primeiro missal bilingue latim e português organizado por Dom BedaKeckeisen,OSB, com ilustrações de Ir. Paulo Lachenmayer,OSB. O Mosteiro de São Bento da Bahia de autoria de Dom Gregório Müller,OSB, e a monumental obra Os artistas do Mosteiro de São Bento do Rio de janeiro de autoria do pesquisador Dom Clemente Maria da Silva Nigra,OSB. Outros autores importantes se fazem presentes como é o caso de Frei Vicente do Salvador, respeitável cronista que nos narra fatos interessantes do período colonial em sua obra História do Brasil.



As cartas de profissão monástica dos Monges são um importante legado desta instituição monástica, se estendem do século XVI ao XXI, elas são a fórmula da profissão religiosa monástica, lida no ato de sua consagração ao tornarem-se monges, de linguagem própria se distinguem tanto pela singeleza quanto riqueza da decoração com iluminuras. Um outro repositório importante é o conjunto de fotos que registram a vida dos monges da congregação beneditina, possuímos registros desde o nascimento da fotografia.



Livros litúrgicos ricamente decorados com iluminuras e capitais ocupam o espaço do arquivo, são missais, lecionários em latim que possuem capas ricamente decoradas e foram utilizados na liturgia da missa, e agora estão guardados para que sejam preservados da ação do tempo. Um grupo diverso e importante é o de livros que passaram pelo processo de restauro e na sua maioria perderam a capa original, tendo, porém, seu conteúdo preservado, eles receberam a encadernação monástica com a capa de couro de carneiro curtido.




O arquivo do Mosteiro de São Bento é procurado por uma infinidade de pesquisadores das mais diversas aéreas do conhecimento, que buscam enriquecer seus trabalhos com informações verídicas, dando, assim, respaldo aos seus estudos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário